Chamada para Artigos – Análise Quantitativa e Indicadores Sociais

Posted on 19 de Fevereiro de 2013 por

0


Prezados Colegas, Anotem a data:

28 de fevereiro é o prazo máximo para submeter artigos para a apreciação à revista Mediações da Universidade Estadual de Londrina. O dossiê temático é Análise Quantitativa e Indicadores Sociais.

Vejam a seguir, a chamada para submissão de artigos completa.

Os editores agradecem à Ronaldo Baltar, membro de nossa rede e um dos organizadores do dossiê pelo envio da notícia.

Chamada de  artigos – Revista Mediações

A  Comissão Editorial de Mediações, Revista de Ciências Sociais, do  Departamento e Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, da Universidade  Estadual de Londrina, receberá artigos para o volume 18, número 1,  correspondente ao primeiro semestre de 2013. Este número trará o dossiê  temático:

Análise  quantitativa e indicadores sociais

Na  última década, a disseminação do uso de computadores, o uso mais freqüente de  indicadores para formulação de políticas públicas e a disponibilidade crescente  e abundante de dados institucionais, renovaram e ampliaram o alcance dos métodos  quantitativos nas Ciências Sociais. Visando a discussão acerca dos avanços  recentes nos métodos quantitativos e o uso de  recursos de tecnologia da  informação aplicado à pesquisa em Ciências Sociais,  esse Dossiê se propõe  a incentivar a discussão sobre: aplicação de modelos quantitativos e indicadores  sociais para análise das diferenciações sociais;  procedimentos  estatísticos para análise multivariada;  agentes e simulação social;  análise de redes sociais;  entre outros.  Os estudos,  preferencialmente, devem partir de abordagens que procurem discutir evidências  empíricas, baseadas em análise de dados, de modo a possibilitar a reflexão sobre  o potencial dos métodos quantitativos para os desafios propostos pelas Ciências  Sociais.

Organizadores: Ronaldo Baltar e  Claudia Siqueira Baltar.

Recebimento de  contribuições até 28 de fevereiro de 2013.

Além do dossiê,  Mediações publica trabalhos sobre temas diversos das Ciências  Sociais na Seção Artigos, como também Resenhas de livros  relevantes em Ciências Sociais.

NORMAS PARA  COLABORAÇÃO

Mediações  é uma  publicação semestral do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Ciências  Sociais, voltada para divulgação e o debate sobre temas relevantes  das Ciências Sociais, mantendo uma linha interdisciplinar, com  contribuições da  Sociologia, da Antropologia e da Ciência Política,  bem como de áreas afins.

Em cada  número é publicado um dossiê temático, com prazos definidos para o envio das  submissões, além de uma seção livre de artigos e uma de resenhas,  ambas com fluxo contínuo.

Mediações publica textos  inéditos em português e em espanhol.  As submissões não  deverão estar sendo avaliadas para publicação por outra revista, caso contrário,  deve-se justificar em “Comentários ao Editor”.

A  revista conta com uma Comissão Editorial formada por docentes das três  áreas das Ciências Sociais, o que contribui para garantir  a interdisciplinaridade.

Os  trabalhos são avaliados pela Comissão Editorial, que faz a análise da  pertinência das contribuições, segundo a sua adequação à política e às normas  para publicação da revista. A análise de relevância e de mérito é de  competência de pareceristas ad  hoc, de diversas instituições nacionais e internacionais,  que poderão aceitar, rejeitar ou aceitar com sugestões os artigos avaliados. Os  nomes de autores/as e de pareceristas são mantidos em sigilo.

Os artigos,  acompanhados de título resumo e palavras-chave (em português e em inglês),  devem possuir um volume máximo de 40.000 caracteres (com espaços). O  resumo, com o máximo de dez linhas, deverá definir com clareza o objeto da  discussão. As palavras-chave deverão ser quatro, com vistas a identificar  de forma clara o objeto de estudo, o tema ou a área de concentração do  artigo.

As resenhas,  de livros ou coletâneas publicados no Brasil nos últimos três anos ou no  exterior nos últimos cinco anos, devem tanto apresentar as ideias centrais  do(a)s autore(a)s, como as considerações críticas do(a) resenhista sobre o  conteúdo do livro ou da coletânea. Devem conter no máximo  8.000 caracteres (com espaços).

A  apresentação dos textos deverá ser em formato  Microsoft Word,  OpenOffice ou RTF, em espaço 1,5 e fonte de 12 pontos. As figuras  e tabelas devem ser inseridas no texto, não no final do documento, como  anexos. Notas de rodapé devem ser curtas e só serão publicadas se forem  essenciais para a compreensão de ideias e conceitos-chave. As citações em língua  estrangeira deverão ser traduzidas para o português.

Os  textos devem seguir o sistema de referência ABNT. Citações ao longo do texto  deverão obedecer ao padrão Autor(a) (data, p.). Exemplo:

De  acordo com Fernandes (2001, p. 63), “A sociologia, como modo de explicação  científica do comportamento social e das condições sociais de existência dos  seres vivos, representa um produto recente do pensamento moderno.”

A  citação direta ou textual com 40 palavras ou mais deve ser apresentada em  parágrafo próprio, sem aspas duplas, iniciando com a linha avançada (equivalente  a cinco toques) e terminando com a margem direita sem recuo.

Quando a  citação for indireta, abordando conceitos ou ideias do(a) autor(a) em  referência, mas redigido com palavras próprias do(a) autor(a) do artigo, o nome  do(a) autor(a) de referência deverá constar dentro de parênteses.  Exemplo:

A  dissonância cultural é um dos condicionantes estruturais que reduz a capacidade  totalizadora do Estado. Isto se reflete claramente nos conflitos que surgem da  contradição que se estabelece entre os Estados Nacionais e a diversidade  cultural das populações no mundo globalizado (MÉSZÁROS, 2002, p.  126).

Quando  se trata de um(a) autor(a) citado(a) por outro(a) autor(a), deve-se utilizar a  forma apud (citado por).  Exemplo:

Para  Sartre (1963 apud MÉSZÁROS,  2002).

Quando  houver citação de depoimentos ou entrevistas ao longo do texto, devem estar em  itálico. Falas com 40 ou mais palavras devem ser apresentadas em parágrafo  próprio, sem aspas duplas, iniciando com a linha avançada (equivalente  a cinco toques) e terminando com a margem direita sem recuo.

Referências  Bibliográficas devem vir ao final do artigo com as obras citadas ao longo do  texto, de acordo com as normas nos exemplos a seguir:

Livros:  SKINNER, Quentin. As fundações do pensamento político  moderno. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

Capítulos  de livros:  FRASER, Nancy. Da redistribuição ao reconhecimento? Dilemas da justiça na era  pós-socialista. In: SOUZA, Jessé (Org.). Democracia  hoje: novos desafios para a teoria democrática  contemporânea. Brasília: Ed. da UNB, 2001.

Artigos:  ALEXANDER, Jeffrey C. Ação Coletiva, Cultura e Sociedade Civil: secularização,  atualização, inversão, revisão e deslocamento do modelo clássico dos movimentos  sociais. Revista Brasileira de Ciências Sociais, vol.  3, nº 37, São Paulo, jun/1998, p.5-31.

Resultados  de pesquisas:  CHAGURI, Mariana. Do Recife dos anos 20 ao Rio de Janeiro  dos anos 30: José Lins do Rego, regionalismo e tradicionalismo. Dissertação  de Mestrado, Sociologia, Universidade Estadual de Campinas, 2007.

Textos  disponíveis na internet: CALDAS,  Juarez. O fim da economia: o começo de tudo.  Disponível em: <http:/www.caldasecon.com.br >. Acesso em: 23 abr. 2010

Referências  a tradutores(as) e ao número das edições das obras são facultativas.

Direitos  autorais dos textos publicados são reservados  a Mediações e publicações  posteriores dos mesmos serão permitidas, desde que citada a publicação  original.

Os(as)  autores(as) farão constar em arquivo à parte as seguintes informações: nome  completo, vínculo institucional, titulação acadêmica, telefone, endereço postal  e endereço eletrônico.

As submissões podem ser  enviadas através do portal da Revista http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/mediacoes ou pelo e-mail mediacoes@uel.br

MEDIAÇÕES  – REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS

Departamento de Ciências Sociais/Centro de  Letras e Ciências Humanas

Universidade Estadual de Londrina

Campus  Universitário – Caixa Postal 6001 –

Londrina/PR – 86055-900

Brasil

http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/mediacoes