Em direção a uma Sociologia do ISE

Posted on 15 de Maio de 2012 por

0


Prezados Colegas,

No mês de Abril a Universidade Federal de Pelotas publicou os números referentes ao ano de 2011, atualizando o acervo da Revista Pensamento Plural.

Vale a Pena atentar para o artigo da Professora e Pesquisadora Marina de Souza Sartore “Em direção a uma sociologia do ISE”.

Vivemos em uma sociedade que baseia as suas decisões e escolhas em índices. As ciências sociais no Brasil pouco tem dado atenção para o desenvolvimento de uma sociologia dos índices. O artigo em questão demonstra que é possível a sociologia debruçar-se sobre objetos de estudo antes considerados clássicos para a economia, como o Índice de Sustentabilidade Empresarial, que foi instituído na Bolsa de Valores do Estado de São Paulo em dezembro de 2005. Eis então, a sua contribuição no âmbito da sociologia econômica.

Vejam a seguir o resumo:

A fim de colaborar com o debate acadêmico sobre a construção social dos objetos econômicos, este artigo apreende a construção social do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BOVESPA. Do ponto de vista econômico, o índice consiste na representação numérica da rentabilidade financeira de empresas sustentáveis, no entanto, do ponto de vista da sociologia, o ISE é a janela para a compreensão das lutas simbólicas que constituem o mercado do Investimento Socialmente Responsável (ISR) brasileiro. Este argumento é demonstrado pela recuperação da história cronológica do desenvolvimento do ISE evidenciando os elementos do processo político-arbitrário pela busca de sua neutralidade econômica. Este artigo enfatiza a necessidade em explorar sociologicamente os índices financeiros assim como outras ferramentas de classificação do mundo econômico.

Para ter acesso ao artigo na íntegra, clique aqui.

Boa leitura.

Os editores.

Observação: convidamos a todos os colegas da rede que não apenas divulguem artigos que leram mas também os próprios artigos recém-publicados contribuindo assim  para o desenvolvimento da sociologia econômica no Brasil.